RIFA - INÍCIO
Projeto
Parceiros
Investindo nas Pessoas
Novidades e Eventos
Links
Downloads
Contato
Fórum
Logo: Sequa

Os Parceiros

FotoSequa
SEQUA (www.sequa.de) é uma organização sem fins lucrativos fundada em 1991 pela Associação das Câmaras Alemãs de Comércio e Indústria (DIHK), a Confederação Alemã das Câmaras de Artes e Ofícios e a Confederação Alemã das Associações Empresariais. Além disso, a Confederação Alemã da Indústria associou-se à SEQUA em 1º de janeiro de 2006, e a GTZ em 1º de janeiro de 2010. A rede de parceiros da SEQUA é constituída de câmaras alemãs de comércio e indústria, de câmaras bilaterais de comércio exterior, de associações empresariais, instituições de formação do setor privado e das empresas que essas entidades representam. Juntas, essas organizações representam cerca de cinco milhões de empresas. A SEQUA utiliza a experiência das câmaras e organizações associativas alemãs no âmbito do diálogo público-privado, do exercício de lobby, da representação de interesses, do fortalecimento das capacidades, do apoio aos negócios, da assessoria, do comércio exterior e da formação profissional. A SEQUA tem sido responsável pelo gerenciamento geral, acompanhamento e avaliação de inúmeros projetos de desenvolvimento econômico em países em desenvolvimento e países emergentes. No transcurso dos últimos dezenove anos, a SEQUA implementou mais de 600 projetos de desenvolvimento do setor privado em mais de cem países. Através de seus projetos, a SEQUA tem contribuído para o desenvolvimento econômico e social nos países da Europa Central e oriental, bem como nos países em desenvolvimento do Sul.

Saar-Lor-Lux-Umweltzentrum
O Saar- Lor- Lux-Umweltzentrum gGmbH (www.saar-lor-lux-umweltzentrum.de ) é uma organização de direito privado sem fins lucrativos, filiada à Câmara de Ofícios do Sarre (Handwerkskammer des Saarlandes). Ela tem oito colaboradores que tratam de diversos setores. Entre os serviços oferecidos a pequenas empresas, entidades municipais e outras estão a consultoria ambiental e energética, sistemas de gestão, desenvolvimento regional, formação continuada, e a cooperação e ajuda ao desenvolvimento. Desde 1º de janeiro de 2010 o Centro acompanhará, pelo período de três anos, os países parceiros do Benin e da Costa do Marfim nesse projeto iniciado pela UE.

Handwerkskammer Rhein-Main - Chambre des métiers de la région Rhein-Main
As empresas alemãs caracterizadas como pertencentes ao setor de ofícios são classificadas conforme o tipo de serviços e de produção que realizam e não conforme seu tamanho. A Câmara de Ofícios Reno-Meno (www.hwk-rhein-main.de), tem como missão desenvolver atividades relacionadas ao âmbito econômico e oferecer serviços de consultoria às empresas e assessoria jurídica, além de centros de formação profissional e tecnológica. Os parceiros do sistema dual de formação profissional são os dois centros de formação profissional e de tecnologia em Weiterstadt e Frankfurt/Meno. Todo dia, 600 aprendizes recebem aulas em 30 ofícios no centro de Weiterstadt. Entre outros, os centros profissionais são responsáveis pelas seguintes funções: elaboração de currículos de ensino, assessoria para a formação profissional, monitoramento da formação nas empresas e dos contratos, cursos para a prova de mestre de ofícios, consultoria para a transferência de tecnologia em nível nacional e internacional.

bfz
bfz gGmbH (www.bfz.de) é uma rede de centros de formação profissional na Baviera, Alemanha. O bfz foi fundado em 1983 pelas Associações Patronais da Baviera e é uma entidade sem fins lucrativos. O bfz possui mais de 180 unidades em toda a Baviera. Entre os principais focos das atividades do bfz está a preparação profissional e a formação para jovens, desempregados e empresas e clientes do setor privado. A Divisão Internacional do bfz (www.international.bfz.de) realiza projetos de parceria com câmaras e associais empresariais no Brasil, México, América Central, Moçambique e Paquistão (Programas do Ministério Alemão para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico), entre outros. No âmbito do projeto RIFA, o bfz é responsável pela implantação do site na internet e pela cooperação como os parceiros na América Latina.

La chambre National des Métiers de Côte d’Ivoire (CNMCI)
A CNMCI é uma instituição consular criada através do Decreto Nº 93-01 de 7 de janeiro de 1993. Ela representa os interesses das empresas do setor de ofícios e de atividades afins perante o Poder Público.
A CNMCI tem como missão contribuir para a promoção e o desenvolvimento do setor de ofícios e atividades afins no âmbito do desenvolvimento econômico e social do País.
A Câmara contribui para a organização, estruturação e modernização do setor de ofícios por meio de:

Confédération des Artisans du Benin CNAB.
A CNAB foi criada em 16 de janeiro de 2008. Ela nasceu da união das antigas organizações de ofícios com o apoio dos membros do Comitê de Reestruturação Organizacional do Setor de Ofícios. A CNAB atua em doze estados e 77 municípios.
A CNAB tem como objetivo a promoção e valorização das profissões ligadas aos ofícios, assim como a defesa dos interesses materiais e morais dos artífices do Benin.
As atividades da CNAB têm como foco:

A CNAB oferece prestação de serviços (locação de salas, escritórios, etc.).
A CNAB representa o setor de ofícios perante o governo e se articula com os órgãos governamentais.

A Câmara de Artes e Ofícios da região de Fez Boulemane (Marrocos)
Em 1987, a Câmara de Artes e Ofícios de Fez Boulemane celebrou um acordo de cooperação com a Câmara de Artes e Ofícios da região do Reno-Meno (Rhein-Main). No âmbito do projeto RIFA, as duas câmaras formularam e assinaram um acordo de cooperação que abrange a implementação e as medidas do projeto(tal como estudos, oficinas, seminários, conferências) assim como os objetivo do projeto. A Câmara em Fez conta com vários Centros de Formação para Aprendizagem (CFA) bem equipados. Este número elevado não se deve apenas aos esforços conjuntos da Câmara Reno-Meno e da bedroom Fez durante os anos 80, mas também ao fato de que o Governo de Marrocos declarou a formação profissional uma das prioridades da cooperação entre os dois países. Por isso, Marrocos introduziu o sistema da educação / formação dual que visa criar um equilíbrio de competências entre a educação teórica e a formação prática. (Pagina web: www.chambreartisanatfes.ma/fr)

Associates

INTECAP
O Instituto Técnico de Capacitação e INTECAP produtividade é uma instituição líder da Guatemala para a formação de trabalhadores e dos recursos humanos , de apoio às pessoas para se juntar à força de trabalho. Por mais de 36 anos, promovido por agências de Estado e de contribuições do sector privado, a agenda INTECAP é o desenvolvimento do talento humano e da produtividade nacional.

INTECAP obteve um certificado de gestão da qualidade ISO 9001:2000, que vai fortalecê-lo como uma instituição de qualidade, bem adaptada à globalização e as exigências internacionais.

CAMARASAL
Desde 2012, nosso projeto sócio da filial em El Salvador é a Câmara de Comércio e Indústria de El Salvador. Sua principal área de negócio é o Centro de Treinamento Empresarial, especializada na oferta de educação continuada para empresas de pequeno, médio e grande porte em El Salvador. O senhor Kury Victor quem será o representante das atividades de RIFA em 2012 e 2013, é o atual diretor do centro. O centro tem programas de vendas, atendimento ao cliente, empreendedorismo, recursos humanos, marketing, logística e serviços de secretária, bem como muitos outros tópicos, dependendo das necessidades dos clientes.
A Câmara de Comércio e Indústria de El Salvador é uma organização sem fins lucrativos, possui mais de 2.300 membros e é a maior organização do setor privado no país. Para maiores informações, consulte nosso site: www.camarasal.com

CACB
A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil - CACB é uma organização multisetorial, constituído de 27 Federações estaduais, representando cada unidade federativa do Brasil. Essas federações são compostas de 2.038 Associações Comerciais e Empresariais que representam mais de 2,5 milhões de empresas de todo o país (pessoa fisica ou juridíca), incorporando todas as áreas de atividades econômica.

A CACB é a mais antiga organização de negócios no Brasil e teve origem em 1912, no Rio de Janeiro, inicialmente sob o nome de Federação das Associações Comerciais do Brasil. A atual denominação, Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, refeita em 2002 e foi alterada com a intenção de se adaptar à realidade do sistema econômico que precisa incorporar-se mais as empresas de diferentes áreas da economia brasileira.

Reúne toda a propriedade privada no Brasil das áreas produtivas, incorporando as micro, pequenas e grandes empresas. Representa e expressa a opinião independente de gestores de todos os setores da economia: comércio, indústria, agricultura, serviços, finanças e trabalhadores autônomos. A CACB é qualificada para representar a comunidade de negócios no Congresso Nacional e para atuar como um órgão técnico e consultor do Governo Federal para estudar e resolver problemas relacionados com a economia nacional.

IPC
Somos uma nova instituição em Honduras para o ensino técnico e abrangente que estuda melhorias continuadas nos processos e tecnologia que executam continuamente na indústria. Isso garante que as pessoas que são treinadas no IPC estão mais a frente com a realidade do ambiente de trabalho.

O mecanismo oferece tecnologia avançada com metodologia altamente qualificada, nacionais e sediadas no exterior.

Até o momento, o IPC já formou cerca de 700 alunos do Programa Integrado de Formação, de que uma média de 82% foi mantido ativo trabalhando, apesar da crise financeira. Além disso, temos re-treinados mais de 2.000 membros da força de trabalho em vigor no país.

IPC integrou com sucesso os seus programas de formação abrangentes, tais como aulas adicionais: Inglês Técnico, Ciência da Computação, Matemática, Ética / Moral, Segurança Industrial / Saúde Ocupacional e da Comunicação no local de trabalho.

Além disso, temos atualmente uma Residência Universitária, complexo com 68 alunos de todas as partes do país. Anteriormente, o âmbito de aplicação do IPC era limitada geograficamente pela área de residência dos estudantes, tornando muito difícil o acesso à educação de alto desempenho a instituição. Outra finalidade deste recurso é para desenvolver o caráter e maturidade emocional dos alunos, juntamente com um componente multicultural para abrir suas mentes para que possam tornar-se receptivo à mudança e os novos estilos de vida.

IPC não é apenas trabalhar para desenvolver melhores técnicos, mas também as pessoas melhorarem como cidadãos, e melhorarem para serem líderes na indústria, com suas famílias, comunidade e país, líderes de propor as melhores formas de fazer as coisas e servir de catalisadores para a mudança positiva e influenciar os ambientes em que vivem.